Fontes de Proteínas Vegetais

Fontes de Proteínas Vegetais

Como todos nos já sabemos as melhores fontes de proteína são as carnes magras e vermelhas, peixes e ovos.

Mas também há quem opte por não ingerir proteína de origem animal, nesse caso apresentamos uma lista com as melhores fontes de proteínas vegetais, mais ricas em fibras e com um bom perfil de aminoácidos essenciais (aqueles que o corpo necessita ingerir através da alimentação uma vez que o corpo não tem capacidade de os produzir).

Grão de bico

O grão de bico merece entrar no seu cardápio como um substituto da carne. A presença do triptofano, aminoácido essencial para a produção da serotonina, melhora o humor, pois a substância é responsável pelas sensações agradáveis do organismo.

Ela ativa os neurotransmissores cerebrais que dão sensação de bem-estar, satisfação e confiança. Além disso o ferro contido nele é mais absorvível pelo organismo que o do feijão.

E mesmo em pouca quantidade, a proteína do grão de bico é totalmente digerida. Cuidado apenas com as calorias pois o grão de bico é um dos mais calóricos da família das leguminosas.

Soja

É possível consumir soja através de vários alimentos. Dá para consumir leite de soja, tofu, iogurte de soja, queijo cottage de tofu e soja em grão. Todas estas variedades tem uma boa quantidade de proteínas. Para atingir o consumo diário, basta, por exemplo, consumir apenas 25 gramas diários de proteína de soja. A soja cozida tem 3,3 g de proteína a cada colher de sopa.

Feijão

O feijão é uma boa fonte de proteínas e faz uma ótima combinação com os carboidratos do arroz. Além disso, é uma ótima fonte de fibras, principalmente o branco. Você pode aproveitá-lo não só no arroz com feijão de cada dia, mas também em saladas e farofa.

Oleaginosas

Com fama de calóricas, sementes como castanhas, nozes, amêndoas e pistácio devem realmente ser consumidas com moderação, uma xícara pode conter até 100 calorias. No entanto, valem como uma boa dose de proteína para acompanhar os seus pratos e saladas, pois são fontes de gorduras boas, fortalecendo o coração.

Entre as oleaginosas, o amendoim é o mais gorduroso. Para tirar o maior proveito, a dica é substituir, numa refeição, cinco vezes por semana, 210 calorias provenientes de gorduras saturadas por 30 g de alguma dessas sementes.